Inside Art
Bem vindo ao Inside Art para melhor aproveitamento do fórum, registre-se e sinta-se em casa.

Contos Sobrenaturais! [1]

Ir em baixo

Contos Sobrenaturais! [1]

Mensagem por raphanaru em Qui Set 10, 2009 5:28 pm

O relato que passo a fazer aconteceu comigo em julho de 1997 no interior de São Paulo. Passava alguns dias de descanso no sítio de um amigo, a localização exata e o seu nome vou omitir em respeito a memória deste falecido amigo, que passarei agora a chamá-lo de Silva.

Era uma manhã fria de vento cortante e gelado, partimos em direção ao lago eu e o Silva no intuito de pescarmos alguns peixes para o nosso almoço e quem sabe até para o jantar, lá chegando sentamos na beira e nos acomodamos preguiçosamente ficando em silêncio a espera dos peixes.

Confesso que dei um cochilo e despertei com uma sensação estranha, olhei para o Silva e percebi que ele havia dado a volta e estava do outro lado do lago a procura de algo entre a abundante vegetação, imaginei... Deve estar buscando por iscas e não dei muita importância voltando a me reencostar, olhei para o lado e lá estava o Silva cochilando. Fiquei atônito e percebi que não havia ninguém do outro lado do lago, acordei o Silva e fui logo perguntando como ele tinha dado a volta tão rapidamente que nem percebi?

Silva abriu os olhos que pareciam estar em chamas de tão vermelhos e me contou que tinha sonhado que estava conversando com um Matuto sentado na beira do lago que pediu fogo para acender um pequeno braseiro que levava consigo.

Disse ainda o Matuto, que estava nos esperando e olhou em seus olhos com um olhar vermelho sangue.

- Eu sei caro leitor, você pode imaginar que bebemos e que os olhos vermelhos do Silva é de manguaça, mas nós não bebemos, juro, até mesmo porque era de manhã muito cedo.

Voltamos para o sítio e a noite conversando com o caseiro, Silva contou o que tinha nos acontecido de manhã.

O caseiro sorriu e nos falou que em 1990, há exatos 7 anos atrás, um peão da fazenda vizinha enlouqueceu e matou com um facão toda a família alegando que eles eram demônios e depois enfiou dois tições em brasa em seus olhos e ficou sentado na beira do lago, no local entre a margem e a vegetação, onde tinha enterrado o produto do seu crime.

Quando a polícia chegou ele estava morto, desde então ele tem aparecido para as pessoas pedindo fogo para acender o seu braseiro.

Perguntei se era real este fato e o caseiro confirmou que muita gente da região havia tido algum tipo de contato sobrenatural com o peão.

Quanto aos olhos vermelhos de Silva, era uma conjuntivite brava que demorou alguns dias para curar.

Créditos: http://www.sobrenatural.org
avatar
raphanaru
Designer
Designer

Respeito as Regras :

Mensagens : 409
Créditos : 3797
Reputação : 13
Data de inscrição : 26/08/2009
Idade : 25
Localização : Aquela casa alid o lado daquela outra xP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum